sexta-feira, outubro 10, 2008

No teu nome.

Na fúria,
prazer.
Na incerteza,
crueza.
Na saudade,
presença.
No alcance,
lembrança.
No silêncio,
suor.
No abafo,
arrepio.
Na voragem,
lágrima.
Na ansiedade,
desdém.
Na distância,
silêncio.
Na incerteza,
seda.
No suspiro,
azul.
Conjugo.
Tudo.
No teu nome.

4 comentários:

Paula Raposo disse...

Através da Poesia Portuguesa aqui venho. Gosto. Beijos.

rfs disse...

Seja, pois, bem vinda a este recanto.
Obrigado.

Lhassaangel disse...

Olá

A propósito da conversa de hoje, tenho um projecto parecido na net, mas os poemas não são meus (http://flordelotos.blogspot.com), embora, tenha tenha alguns, ou projectos de alguns :)num outro blog: http://lhassa.wordpress.com/

Bom fim de semana

Sílvia

rfs disse...

Agradeço as dicas... fui atrás delas e gostei.
:)

seguidores