sexta-feira, outubro 10, 2008

No sorriso e quietude da lembrança, bem haja Poesia Portuguesa!

2 comentários:

Amita disse...

A Poesia Portuguesa trouxe-me até este cantar desnudo e sentido.
No teu poema "Não há palavras" escrevi:
"Quantas vezes ficamos sem palavras que transmitam as emoções que o poeta nos fez sentir de tão intensas.
Obrigado poeta pela beleza."
Acrescento que, mesmo com tempo escasso, renasceram as palavras ao
ler-te.
Com carinho, um abraço e uma flor

rfs disse...

Seja bem vinda a este recanto, lúgubre, sempre sentido e talvez desnudo.
Agradeço a presença e as simpáticas palavras.

seguidores