domingo, novembro 11, 2007

.... já?


Hoje é diferente.
Um pedacinho.
Uma imagem, que me arrepiou.
Uma frase que, de tão suave, turvou-me a miopia.
Um etéreo som, que melancolizou.
Parece diferente.
Hoje parece já que a epiderme já sente.

2 comentários:

Claudia Perotti disse...

Devorei todas as letras e as imagens que aqui estão!

Beijinhossss

directriz disse...

...são inesgotáveis, não são?

seguidores